Pesquisador defende confinamento com vacas e bezerros juntos

 

Americano afirma que é viável manter sistema para cria e recria com mães e filhos, mesmo após desmama

O pesquisador James MacDonald, da Universidade de Nebraska, nos Estados Unidos, afirmou ser possível manter com eficiência sistema de confinamento em tempo integral para cria e recria, com vacas e bezerros juntos, mesmo após a época de desmama. No Brasil, vacas e bezerros são criados também a pasto e separados após a desmama.

Em palestra no Encontro de Pecuária Eficiente, que antecede a 9ª Conferência Internacional de Pecuaristas (Interconf), marcada para esta terça-feira, dia 20, em Goiânia, o pesquisador disse que em confinamento é possível garantir ganho de peso e desenvolver animais de alta qualidade. Ele cita o exemplo dos Estados Unidos, onde o método utilizado é o confinamento e a atividade tem sido lucrativa. "Como grande parte dos pastos foi transformada em lavouras de milho, decidimos tirar proveito do resíduo do cereal e trazemos para a ração no cocho", contou sobre a suplementação alimentar.

O pesquisador avalia que o Brasil tem espaço para evoluir e melhorar no sistema de cria, não necessariamente seguindo o modelo americano, mas obrigatoriamente fazendo uso de tecnologias disponíveis para maior intensificação e eficiência nesta fase da produção.

Segundo ele, o confinamento nos Estados Unidos não utiliza toda a capacidade, que é de 34 milhões de cabeças. "Terminamos 25 milhões de cabeças por ano", contou.

Fonte: Canal Rural

 

Serviços

  • Fertilização in vitro
  • Sexagem de embriões
  • Congelamento de embriões
  • Produção de meios de fiv
 
 

Contato

  • Rod. BR 163 - Km 16
  • São José do Rio Preto/SP
  • Fone: (17) 3201-3363
  • contato@fertvitro.com.br

Log in